latinitates

ESTUDOS CLÁSSICOS E HUMANÍSTICOS

Nosso Acervo

O Pharmakós. A questão do Sacrifício Voluntário em Eurípedes
Categoria:
Capítulo de Livro
{{variant.name}}:
{{opt.name}}
{{opt.value ? '' : opt.name}}
{{opt.value ? '' : opt.name}}
Descrição

A Legalidade Cósmica é regida pela Ordem, Justiça e Destino, a Ordem e Destino nascem do concílio entre os deuses, o que denomino de Instituição Divina, cada deus forma uma Instituição, e no seu conjunto o panteão grego decidem os Destinos dos Heróis, a Ordem é a saúde do mundo cósmico, a Legalidade Cósmica é todo este conjunto de regras instituído pelos deuses, quando o Herói pratica a Hybris sucumbe com ela e torna-se culpado, o que difere do próprio Pharmakós. Frye define o Pharmakós como Scapegoat  «Bode Expiatório». O Scapegoat exerceu uma influencia muito grande na cultura hebraica, o ritual de expiação da culpa do povo era efetuado por um sacerdote.

Palavras-chave: Pharmakós, Eurípedes, Hécuba, Ifigênia em Áulide, Bíblia.

 

Autor: Weberson Fernandes Grizoste

 

Lívia Maria da Silva

© Reservado a reprodução para fins não comerciais

Tem interesse em comprar uma das publicações? talvez seja possível,

entre em contato conosco.