latinitates.com

DRAMATURGIA, HISTÓRIA E RECEPÇÃO:

(OVÍDIO), SÊNECA E GONÇALVES DIAS

 

Miriam Trindade Lima

(Bolsista)

(ver currículo Lattes)

★★

Biênio:
Projeto 21847 - SISPROJ-UEA                 Tipo: PAIC - programa de apoio à iniciação científica
vigência 01/08/2019 - 31/07/2020         Financiamento: FAPEAM
co-orientadora: Anni Marcelli Santos de Jesus       (ver currículo Lattes)
 
Projeto 14085 - SISPROJ-UEA                 Tipo: PIBIC - programa Institucional de Bolsas de Inic. Científica
vigência 01/08/2018 - 31/07/2019         Financiamento: CNPq  

 

RESUMO
O tema do incesto foi o principal assunto nesta pesquisa, para além da recepção dos clássicos. O poeta clássico de ponto de partida do primeiro projeto foi Sêneca, para se chegar à Gonçalves Dias através de estudos da Recepção clássica no Romantismo. Sabe-se, por exemplo, que o mito da paixão incestuosa pelo enteado cuja madrasta Fedra, inspirou Hipólito de Eurípedes e Fedra de Sêneca; mais tarde, Racine escreveu sua própria tragédia, atribuindo-lhe também o nome de Hipólito. Partimos dessa narrativa para a obra de Gonçalves Dias, nomeadamente a Beatriz Cenci. No segundo ano do projeto incluímos Ovídio (inclusive no título do projeto), nomeadamente com a carta de Fedra a Hipólito.

 

 

 

RESULTADOS ALCANÇADOS

 

dois artigos em Anais de Evento e uma trabalho de conclusão de curso*:
 
Resumo simples em Caderno de Resumos*
  • As rivalidades amorosas na Roma antiga (anterior ao projeto), na II Semana Internacional de Estudos Clássicos do Amazonas, em Maio de 2018; 
  • A figura da mulher na conquista em Ovídio e Propercio (anterior ao projeto), na II Jornada de Estudos Clássicos e Humanísticos de Parintins, em 31 de Março de 2018.
 
APRESENTAÇÕES EM EVENTOS
  • Vitioque potens regnat adulter: Lucrécia e Teseu, conjuges de consortes incestuosos, na XII Semana de Letras, em Maio de 2019;
  • Exposição em Sessão Coordenada sobre Poéticas do Amor na Poesia Latina do Século I a.C. na II Jornada de Estudos Clássicos e Humanísticos de Parintins, em 31 de Março de 2018;
  • As rivalidades amorosas na Roma antiga, na II Semana Internacional de Estudos Clássicos do Amazonas, em Maio de 2018;