latinitates.com

DRAMATURGIA, HISTÓRIA E RECEPÇÃO:

PLAUTO, SHAKESPEARE E GONÇALVES DIAS

 

Nivia Maria Messias Ribeiro

(Bolsista)

(ver currículo Lattes)

★★★★★★

Biênio:
Projeto 25901 - SISPROJ-UEA                 Tipo: PAIC - programa de apoio à iniciação científica
vigência 01/08/2014 - 31/07/2015         Financiamento: FAPEAM
co-orientadora: Patricia Christina dos Reis       (ver currículo Lattes)
 
Projeto 34043 - SISPROJ-UEA                 Tipo: PAIC - programa de apoio à iniciação científica
vigência 01/08/2015 - 31/07/2016         Financiamento: FAPEAM  
 co-orientadora: Patricia Christina dos Reis        (ver currículo Lattes)

 

RESUMO
A pesquisa abrange um período histórico de dois mil e cem anos e centrou-se em três dramaturgos distintos. O primeiro, Plauto, pertence a Época Arcaica da Literatura Latina; o segundo, Shakespeare, nasceu na segunda metade do século XVI e pertence ao Renascimento Inglês; e o terceiro, Gonçalves Dias, viveu durante o século XIX e figura-se entre os vultos mais proeminentes do Romantismo Brasileiro. Estes três dramaturgos destacam-se pela importância que trouxeram à nacionalidade de seus povos. Gonçalves Dias tem sido evocado muito mais pelo seu indianismo do que pela sua dramaturgia, embora, seja necessário dizer que os seus Poemas Americanos também possuem aspectos bastante dramatológicos. Esta pesquisa, entretanto, centrou-se exclusivamente na dramaturgia gonçalvina, nomeadamente em Leonor de Mendonça e as influências recebidas de Otelo de Shakespeare e Os Menecmos de Plauto.

 

 

 

RESULTADOS ALCANÇADOS

 

três artigos e um relatório de atividade em Anais de Evento e uma trabalho de conclusão de curso e um capítulo de livro:
 
Resumo simples em Caderno de Resumos*
  • Dramaturgia, história e recepção: Plauto, Shakespeare e Gonçalves Dias (I SECLAM, Maio de 2016, somente versão impressa);
  • Otelo e Leonor de Mendonça: diálogos de Shakespeare em Gonçalves Dias, sob a estética da recepção (ENELIN - Encontro Nacional de Ensino e LINguagem, 2016)
  • Relatório sobre a apresentação da peça teatral latina Cistellaria – “A Comédia da Cestinha”, de Plauto
  • Uma teia clássica (I Jornada ECHP, 21 de Outubro de 2016)
 
APRESENTAÇÕES EM EVENTOS
  • Exposição da pesquisa na mesa redonda Os Estudos Clássicos em Parintins na II Jornada de Estudos Clássicos e Humanísticos de Parintins, em 31 de Março de 2018;
  • Dramaturgia, história e recepção: Plauto, Shakespeare e Gonçalves Dias, I SECLAM, Maio de 2016;
  • Otelo e Leonor de Mendonça: diálogos de Shakespeare em Gonçalves Dias, sob a estética da recepção, ENELIN - Encontro Nacional de Ensino e LINguagem, 2016;
  • Uma teia clássica, I Jornada ECHP, 21 de Outubro de 2016
  • Direção e adaptação da peça teatral Cistellaria – “A Comédia da Cestinha”, de Plauto, apresentada na I Jornada de Estudos Clássicos e Humanísticos. A experiência encontra-se em relatório dos Anais;
  • Relato de Experiência na VIII Semana de Letras, no CESP-UEA, em Maio de 2015.